fbpx
Como trocar as cordas do violão de nylon

Como trocar as cordas do violão de nylon

Uma dúvida muito comum para quem toca violão é: como trocar as cordas do instrumento da melhor forma possível? Existem vários jeitos de realizar a troca de cordas do violão, porém algumas delas vão garantir uma maior firmeza e impedir que as cordas se soltem por falta de um nó adequado. A que vamos ensinar aqui é uma forma utilizada pelos profissionais da PLG Luthieria, e explicada pelo luthier Paulo Cunha.   O primeiro passo para se trocar as cordas do violão é tirar as todas as cordas antigas, o que pode parecer óbvio, já que para alguns instrumentos de cordas, como guitarras com ponte suspensa, o indicado é trocar uma corda de cada vez. Uma vez finalizado esse processo você começa a colocar as novas cordas, começando pela mais fina, a primeira corda do violão chamada de “mizinha”.  Isso ocorre pois iremos amarrar uma corda na outra no cavalete então por isso é importante começar pela “mizinha”. Mas veremos isso depois.   O primeiro lugar que iremos amarrar a corda é no cavalete, a parte de madeira com furos no corpo do violão. Tem alguns encordoamentos que já vem com umas bolinhas na extremidade da corda que serve para você não ter que fazer o nó no cavalete. Mas julgando que você tenha as cordas tradicionais é importante saber fazer esse laço. Veja o passo a passo:  

Como fazer o laço no cavalete?

  1) Passe a corda pelo furo do cavalete.   2) Volte com a corda para a direção do braço e passe embaixo dela mesma.   3) Jogue a corda para o outro lado passando por cima e depois volte passando por dentro do laço.   4) Repita o mesmo processo outra vez e aperte.   5) Deixe um pedaço relativamente grande de corda para fora.   Deixar esse pedaço de corda para fora do cavalete é importante, pois aqui vai uma dica de mestre: você vai prender uma corda na outra. Dessa forma:   6) Faça o laço da próxima corda passando por cima da anterior:   É por isso que é necessário começar a trocar as cordas pela “mizinha”. Assim você a prende na próxima corda que é o Si e depois prende o Si na próxima que é o Sol e assim sucessivamente.   O próximo passo é prender a corda na tarra do violão. Lembre-se de seguir a ordem correta das cordas em suas determinadas tarraxas. Uma dúvida recorrente é para que lado do furo da tarraxa enrolar a corda, deixando a a corda enrolar acima ou abaixo do furo. A dica do Paulo é enrolar as cordas Mi, Sol e Si acima do furo para o lado de fora e as cordas Lá, Ré e “Mizinha”  para baixo para o lado de dentro. Isso serve para as cordas irem mais reto em direção a cavidade da pestana.

 

Como prender a corda na tarraxa?

    1) Passe a corda pelo furo da tarraxa.   2) Estique a corda sem deixá-la muito pressionada.     3) Retorne a corda pelo mesmo furo da tarraxa até formar um laço.   4) Passe a corda por dentro desse laço e aperte, assim a própria tensão da corda irá segurá-la.   Depois de completado esse processo você deve repetir com todas as cordas e seu violão estará pronto para tocar. Para entender ainda melhor como realizar esse processo, confira essa dica que o professor de luthieria Paulo Cunha preparou:       Se você quer aprender também como trocar as cordas da sua guitarra, veja esse outra dica:     [vc_empty_space height=”32px”][vc_button title=”AGENDE AQUI SUA AULA EXPERIMENTAL GRATUITA” link=”url:https%3A%2F%2Fatelierdelamusique.com.br%2Faula-experimental-gratuita%2F||target:%20_blank” size=”medium” icon=”icon-music” bgcolor=”orange” shape=”nicdark_radius” align=”left”][vc_column width=”1/6″]

Pra saber mais sobre assuntos relacionados a violão cadastre o seu e-mail

Deixe uma resposta

Fechar Menu