Você sabe o que é, e como fazer um melisma?

Aprenda aqui essa técnica para incrementar seu jeito de cantar

Melisma no canto

O melisma é uma técnica no canto muito antiga porém é muito famoso até os dias atuais. Consiste em cantar muitas notas em cima de uma mesma sílaba e é muito característico da música negra, R&B e Soul. Que tal aprender a cantar esse efeito? Nessa dica irmos explicar como fazer essa técnica.
 

História

 
O melisma é uma técnica de canto que apareceu nas músicas sagradas na Idade Média, o Canto Gregoriano. Empregada em músicas religiosas, no antigo “cantochão”. Os antigos utilizavam a música melismática de forma hipnótica, em rituais místicos e cultos religiosos. Atualmente o melisma é encontrado principalmente no gospel e também na música oriental muçulmana e hindu. As cantoras mais conhecidas que utilizam essa técnica são Aretha Franklin, Whitney Houston, Cristina Aguilera, Mariah Carey, Beyonce e muitos outros artistas influenciados pelo Soul e R&B.
 

Exemplos

 
Nada melhor para entender o conceito do que ouvir alguns exemplos. Confira aqui embaixo, exemplo de cantoras “melismáticas”:
 

 

Melisma x Scat Singing

 
Para entender o melisma é interessante compará-lo com a técnica chamada de “Scat Singing” pois eles são praticamente opostos. Enquanto no melisma é utilizado várias notas em cima de uma única sílaba, o scat é cantar uma nota por sílaba. É o tipo de canto muito utilizado para improvisação no Jazz.
 

Como treinar um melisma?

 
Nessa dica, nós iremos ensiná-los a cantar um melisma a partir do exemplo da música “Chain Of Fools” de Aretha Franklin. Antes de começar, escutem a música e percebam como ela utiliza muito essa técnica de cantar muitas notas em cima de uma única sílaba.
 

 
Para você treinar um melisma é importante “dissecar” ele, ou seja, descobrir quais são todas as notas que estão sendo cantadas em cima de uma única sílaba. Para fazer isso é bom ouvir a música bem atentamente e achar as notas no piano. Uma dica valiosa é ouvir a parte que 0 cantor faz o melisma, em câmera lenta, reduzindo a velocidade. Assim você entende melhor quais são as notas que estão sendo tocadas. No próprio YouTube existe uma funcionalidade para reduzir a velocidade do vídeo e é uma ótima forma de você entender as notas que estão sendo cantadas.
 
O melisma que existe na música “Chain Of Fools” e que vamos aprender possui o seguinte movimento de notas:
Sol, Fá, Sol, Fá, Mi bemol, Dó, Mi bemol, Dó  (Sentido descendente)
 
Você deve começar a cantar essas notas de forma lenta, utilizando qual vogal preferir. É interessante treinar em todas as vogais, pois assim você conseguirá aplicar esse melisma em diversas sílabas. Depois de ter treinado lentamente, comece a aumentar a velocidade. Com esse treino você ganhará agilidade e irá cantar seu melisma mais naturalmente e bem encaixado na música.
 
Para entender melhor e olhar o exemplo, confira essa dica que o professor Israel Tedesco preparou:
 

 

AGENDE AQUI SUA AULA EXPERIMENTAL GRATUITA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *