Como fazer harmônicos artificiais no violão

Aprenda essa técnica incrível

Como fazer harmônicos artificiais

Os harmônicos são sons que podemos tirar do violão que conferem um colorido especial à nota, o que serve para incrementar melodias e destacar certos trechos de uma música. Eles podem ser tanto naturais como artificiais. Os naturais são encontrados sob a 5ª, 7ª e 12ª casas do violão. É possível obtê-los colocando o dedo sobre o traste sem pressionar e tocando a corda, como você pode ver nesse vídeo.

 

Entretanto, a quantidade de notas possíveis de serem extraídas assim são limitadas. Para obter o mesmo efeito com notas que não estão em uma dessas três casas (5ª, 7ª e 12ª) existe a técnica do harmônico artificial. Nessa técnica é aplicado o mesmo princípio dos harmônicos naturais, onde a corda é dividida na metade para que o harmônico extraído soe uma oitava acima da nota pressionada.


Como fazer um harmônico artificial?

 

1- Pressione a nota que deseja tocar com a mão esquerda.
2 – Conte 12 casas de distância, a partir da nota pressionada.

3 – Posicione a ponta do dedo indicador da mão direita sobre o traste dessa casa.
4 – Toque a corda com qualquer outro dedo da mão direita.


Como os harmônicos são grafados nas partituras?

 

Existem mais de uma forma de se grafar os harmônicos nas partituras, porém a mais utilizada é a nota em formato de losango. Assim, marca-se a nota real, mas o som sai uma oitava acima. Dessa forma:

 


Exemplos de músicas com harmônicos:

 

Popular:

Proibida pra mim (Charlie Borwn) (Arranjo: Jony Ken)

Erudito:

Estudo nº1 (Heitor Villa-Lobos)  (2:06 – 2:12)

Para entender melhor o processo, confira esse vídeo onde o professor Jony Ken demonstra como produzir os harmônicos artificiais:

 

 

AGENDE UMA AULA EXPERIMENTAL GRATUITA COM JONY KEN
Compartilhe com seus amigos!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *