fbpx

Unidade Perdizes

Rua Bartira, 568
(11) 2924 - 3331

Unidade São Bernardo

Av. Dr. Baeta Neves, 239
(11) 2924 - 3331

Atelier de La Musique

Grade Curricular

O Atelier de La Musique possui uma grade curricular completa com mais de 30 disciplinas teóricas e práticas. Confira!

Conheça a Grade Curricular

Clique ou passe o mouse sobre as disciplinas no quadro abaixo e descubra os seus conteúdos!

Conteúdo completo das matérias

Objetivo:

Preparar o aluno sem conhecimento musical para ingressar na grade curricular, por meio da expansão do universo musical conhecido, do desenvolvimento do pulso interno e da capacidade de solfejar afinado.

Conteúdo:

  • Propriedades do som
  • Pulsação
  • Compassos de dois, três e quatro tempo (acentuação)
  • Figuras rítmicas (mínima, semínima e colcheia)
  • Sequência das notas
  • Notas e espaços (sem suplementar)
  • Reconhecimento de instrumentos
  • Escuta e curiosidades musicais (instrumentos diferentes, gêneros diferentes, culturas diferentes)
  • Afinação
  • Pozzoli – 1ª série
  • Ditado melódico (sentido melódico e ditado três notas)
  • Claves (conhecer e desenhar)

Objetivo:

Esclarecer os elementos que integram a música estudada na escola: ritmo, melodia, harmonia, organologia e forma. Ampliar o universo musical do aluno. Despertar a escuta atenta e reflexiva do aluno.

Conteúdo:

  • Definição de música
  • Propriedades do som
  • Ritmo: Compreensão de Estruturas de Pulsação
  • Melodia: Compreensão do termo, Origem e Função das Escalas. Motivo e Desenvolvimento
  • Harmonia: Compreensão do Termo, Acordes, Origem na Polifonia (movimento de vozes). Funções Harmônicas Principais (Tônica, Subdominante e Dominante)
  • Música tonal: Definição de Música Tonal e exemplos de outros sistemas de Composição Musical.
  • Organologia: Compreensão dos Instrumentos e Naipes da Orquestra Sinfônica.
  • Forma e gênero: Compreensão dos Conceitos de Forma e Gênero. Ex. em Forma Binária Erudito e Popular.

Objetivo:

Apresentar um panorama da história da música ocidental, desde a música do período renascentista até a música do século XX.

Conteúdo:

Relacionar os períodos da música que serão abordados (Renascentista; Barroco; Clássico; Romântico e Século XX)

Períodos:

Música Renascentista – Música Sacra; Países baixos e Itália; Corais Alemães; A música vocal profana; Madrigais elisabetanos; Música Sacra na Inglaterra; Veneza no Século XVI;

Música Barroca – Monodia; As primeiras Óperas; Música Instrumental; A Suíte; Sonata Barroca; Concerto Grosso; A Orquestra.

Música Clássica – A Orquestra; Música para Piano; Sonatas; A forma Sonata; Sinfonias; O Concerto; Ópera.

Romantismo (séc XIX) – A Orquestra; Lied Alemã; Música para Piano; Música Programática; O Concerto; O drama musical de Wagner; O nacionalismo e a música coral no século XIX; O romantismo tardio.

Século XX – Impressionismo; Nacionalismo; Influências jazzísticas; Politonalidade; Atonalidade; Expressionismo; Serialismo e Dodecafonismo; Neoclassicismo; Música Concreta; Música Eletrônica; Serialismo total;  Música Aleatória.

No Brasil

Período Romântico (Padre José Maurício Nune da Silva; Francisco Manuel da Silva e Carlos Gomes); Século XX (Heitor Villa-Lobos e Mozart Camargo Guarnieri).Contemplar observações e compositores brasileiros dentro dos períodos apresentados.

Metodologia

Por meio de escuta de repertório relativo ao período estudado e, apresentando breves análises musicais dentro do grau de conhecimento musical da classe, demonstraremos as principais características de cada período, bem como sua relação com os que o precederam e sucederam.

  • a cada aula o aluno recebe uma ficha- resumo onde se encontra, um breve contexto histórico do período em tópicos e a definição dos termos musicais que serão estudados no período. Para cada termo apresentado (EX: Organum paralelo) segue um exemplo musical onde tal característica aparece.
  • Playlist pública no SPOTIFY : preparei uma playlist para cada período estudado, cada uma delas contém de 10 a 20 exemplos musicais referentes ao material trabalhado em classe, pois devido ao tempo de aula é inviável ouvir mais de um exemplo em classe. Essa playlist é enviada via grupo de Whatsaap aos alunos no decorrer do curso, dando aos interessados a possibilidade de ouvir fora do horário de aula o conteúdo. (o app disponibiliza as músicas para todos que acessarem, porém somente assinantes podem ouvir sem interrupções).
  • Em aulas onde o período abordado apresenta instrumentos pouco conhecido dos alunos ou quando o intuito é mostrar diferenças entre as formações orquestrais entre períodos, utilizamos  o projetor e vídeos encontrados no youtube.
  • assim como em anos anteriores costumo trazer convidados para diversificar a dinâmica da aula, para esse semestre pretendo trazer um violinista que se dedica ao repertório e ao instrumento barroco além de um colega especialista na obra de George Gershwin

 

Objetivo:

Traçar um panorama da história da música popular ocidental no século XX, apontando suas origens e desdobramentos e mostrar as características dos gêneros e compositores mais influentes.

Conteúdo:

  • Gêneros pré-gravação: brass bands, ragtime, frevo, modinha, choro.

  • Início das gravações. Traditional jazz, início da improvisação.

  • Origens do samba e estilos. Samba rural, samba corrido, samba de roda, samba de breque, partido alto.

  • Blues: origens e características. Blues do delta (rural), jugbands, blues elétrico

  • Era do rádio. Swing e Big Bands. Cantoras e canções do swing

  • Noel Rosa e Wilson Batista,  Pixinguinha e os cantores do rádio

  • Bebop, Thelonious Monk

  • Carmen Miranda, Dorival Caymmi, Música do nordeste “características e estilos”

  • Jazz dos anos 50. Entrega do Trabalho.

  • R&B e origens do rock, Rock clássico.

  • Bossa nova, Tropicália e festivais

  • Free jazz e jazz contemporâneo.

  • Invasão britânica (Beatles, The Who e Rolling Stones), Soul e funk.

  • Música de Minas: Clube da Esquina e Milton Nascimento

  • Rock anos 70 – Psicodelia e progressivo, Hard rock e Heavy Metal

  • Música instrumental brasileira.

Objetivo:

Apresentar o aluno o conceito de escrita linear e fazer com que compreenda a escrita a duas vozes no contraponto tonal.

Objetivo

Apresentar o aluno o conceito de escrita linear e fazer com que compreenda a escrita a duas vozes no contraponto tonal.

Conteúdo

  • Conhecer, desenvolver e aplicar o conceito de motivo (rítmico e melódico); 
  • Conhecer a escrita para baixo, bateria, piano e violão/guitarra; 
  • Entender e aplicar técnicas de arranjo e aprimorar a escrita convencionada (escrever em grade, convenções, kicks, slashs); 
  • Compreender as formas musicais mais consagradas; 
  • Entender as relações harmônicas nas progressões de standards
  • Trabalhar com música modal e compreender as características melódicas de cada modo;
  • Explorar recursos melódico e harmônicos mais complexos (harmonia não funcional);
  • Analisar aspectos composicionais e de arranjo da música comercial.

Objetivos:

Apresentar de maneira clara e concisa os rudimentos da arte do som, bem como as regras de sua grafia.

Conteúdo:

Propriedades do Som; Nota, Pentagrama e Clave
Caligrafia musical (como se desenham as notas e pausas; ensinar e exercitar)
Figuras Rítmicas (Mínima, semínima e colcheia) e Pausas Ponto de Aumento e Ligadura
Compasso Simples e Composto 
Compasso Simples e Composto
Localização das Notas e Claves 
Relação e Transposição de Claves
Relação e Transposição de Claves
Regras de Grafia
Tom e Semitom / Acidentes
Enarmonia – Semitom Cromático e Diatônico 
Sinais de Dinâmica

 

Objetivos:

Analisar a relação melódica entre as notas, através de intervalos e escalas, com finalidade de preparar o aluno para o curso de harmonia.

Conteúdo:

Modo maior: Definir; Citar sua escala; Ensinar sobre a disposição dos tons e semitons.
Modo menor: Definir; Citar suas três escalas (natural, harmônica e melódica); Sua relação com as escalas maiores.
Noções de Melodia e harmonia: Definir o que é melodia e o que é harmonia (cap. XXV – Osvaldo Lacerda)
Tonalidade: Explicar que a tonalidade se baseia na escala que sirva de base para a melodia e harmonia de determinada música.
Escala cromática, escalas enarmônicas e escalas homônimas: Definir, explicar e desenhar no quadro cada uma das escalas; 
O ciclo das quintas (ou quartas): Ensinar sobre o conceito e explicar seu funcionamento; 
Intervalos e suas inversões: Definir intervalo; Mostrar os intervalos simples e sua classificação (2a., 3a., 4a., 5a., 6a., 7a., e 8a.);
Explicar sobre os intervalos naturais;
Ensinar como qualificar os intervalos;
Ensinar como formar intervalos;
Ensinar sobre a inversão dos intervalos; 
Intervalos harmônicos consonantes e dissonantes:
Definir consonantes perfeitos (5a. e 8a.); consonante misto (4a.); consonantes imperfeitos (3as. e 6as.) e dissonantes (2as. e 7as.).

Objetivos:

Apresentar de maneira clara uma fundamentação para a compreensão do conceito de harmonia. Explicar a origem da cifragem e seus desdobramentos. Apresentar os modos eclesiásticos e suas características.

Conteúdo:

O que é harmonia;
A origem da cifragem (baixo cifrado – barroco);
Tríades (maior, menor, aumentada e diminuta), suas inversões e aberturas;
Tétrades(M7, m7, 7, m7b5, m7M, dim, sus) e suas inversões;
Campo harmônico maior e seus respectivos graus;
Os modos eclesiásticos: explicar como os tons e semitons se distribuem na escalas formando os diferentes modos ;
Mostrar onde localizam-se os semitons em cada um dos modos gregos.
Apresentar as definições e características de cada modo.
Condução de vozes para tríades e tétrades (posição fechada e aberta).

Objetivos:

Revisar o campo harmônico maior. Apresentar campos menores (natural, harmônico e melódico). Montar as tensões dos acordes de todos os campos estudados analisando também as tensões disponíveis e as que devem ser evitadas (avoids). Analisar as  funções: dominante secundária, dominante estendida e as cadências II V I secundárias. Estudar acordes vindo de outros campos harmônicos (Empréstimo Modal). Estudar modulações a fim de fazer análises harmônicas completas.

Conteúdo:

Fazer uma revisão dos campos harmônicos (maiores e menores) e seus respectivos graus; 
Ensinar as extensões dos acordes (tensões e notas características); 
Ensinar as dominantes secundárias; 
Ensinar a cadência II V I secundária (II associados); 
Ensinar as dominantes estendidas; 
Empréstimo Modal
Modulação
Análise completa com escalas
Exercitar a análise tonal do repertório popular;

Objetivos:

Apresentar o conceito de análise e tornar o aluno capaz de analisar uma música tonal do repertório popular, entendendo seus graus e funções. Agora em um nível mais complexo que Harmonia II, incluindo dominantes substitutos e acordes diminutos.

Conteúdo:

Revisão de Harmonia II
Ensinar sobre o acorde diminuto e suas funções e movimento do baixo.
Ensinar sobre o dominante substituto (sub V) primário e secundários;
Seus desdobramentos (II subV I primário e secundários); 
Analisar o repertório da música popular utilizando o conteúdo abordado.
Introdução a harmonia modal; 
Introdução a harmonia pós tonal.

Objetivo

Iniciar o aluno no processo de treinamento auditivo através da prática de solfejos rítmicos e melódicos e de ditados rítmicos e melódicos, com a finalidade de desenvolver suas habilidades auditivas e facilitar o processo de escuta e escrita musical, vinculado o conteúdo teórico de notação musical com o conteúdo prático (execução da escrita e transcrição musical)

Conteúdo

Rítmico:

  •         Pozzoli série 1 a 4
  •         Estruturas de Pulsação do livro “Ritmica – José Eduardo Gramani” (pag. 58 – exercício 1 ao 8)
  •         Solfejos e Ditados rítmicos com conteúdo até quarta série do Pozzolli 

Melódico:

  •       Livro “ Solfejo e Ditado Musical – Osvaldo Lacerda” até página 24
  • Solfejos e ditados melódico em Dó Maior (graus conjuntos e melodias simples até colcheia)

Objetivos

Manter o aluno no processo de treinamento auditivo através da prática de solfejos rítmicos e melódicos e de ditados rítmicos e melódicos, com a finalidade de desenvolver suas habilidades auditivas e facilitar o processo de escuta e escrita musical, vinculado o conteúdo teórico de notação musical com o conteúdo prático (execução da escrita e transcrição musical)

Conteúdo

Rítmico:

  •         Pozzoli – Quinta, Sexta e Sétima Séries
  •         Solfejos e Ditados rítmicos com conteúdo até sexta série do Pozzolli

 

Melódico:

  •         Livro Solfejo (Osvaldo Lacerda) até pagina 25 a 29
  •         Solfejo e Ditado em Do (saltos de terça; saltos de quarta e quinta vindos da tônica ou 8J; até semicolcheia apenas para notas de passagem)
  •         Solfejo e Ditado e La menor (apenas graus conjuntos)

·         Intervalos Maiores e Justos (até 8J)

Objetivos

Manter o aluno no processo de treinamento auditivo através da prática de solfejos rítmicos e melódicos e de ditados rítmicos e melódicos, com a finalidade de desenvolver suas habilidades auditivas e facilitar o processo de escuta e escrita musical, vinculado o conteúdo teórico de notação musical com o conteúdo prático (execução da escrita e transcrição musical)

Conteúdo

  • Ensinar as séries 8, 9 e 10 do Pozzoli (partes I e II);
  • Solfejo e Ditado em Do, Fá e Sol e La menor (todos os saltos);
  • Ensinar intervalos menores, Aumentados e Diminutos até 8J;
  • Ensinar Solfejo e Ditado de Tríades (M, m, Aum, dim).

Objetivos

Manter o aluno no processo de treinamento auditivo através da prática de solfejos e ditados (rítmicos, melódicos e harmônicos), com a finalidade de desenvolver suas habilidades auditivas e facilitar o processo de escuta e escrita musical, vinculado o conteúdo teórico de notação musical com o conteúdo prático (execução da escrita e transcrição musical)

Conteúdo

Rítmico:

  • Ditado rítmico a uma voz
  • Quiálteras

Melódico:

  • Solfejo e Ditado em Do, Fá e Sol, Sib e Re e relativas
  • Solfejo e Ditado de tríades invertidas (M, m, Aum, dim)
  • Solfejo e Ditado de Tétrades (7M, 7, m7, m7(b5) e diminuto)
  • Solfejo e Ditado de cadências (perfeita; imperfeita; plagal; deceptiva ou meia cadência)

Objetivos

Manter o aluno no processo de treinamento auditivo através da prática de solfejos e ditados (rítmicos, melódicos e harmônicos), com a finalidade de desenvolver suas habilidades auditivas e facilitar o processo de escuta e escrita musical, vinculado o conteúdo teórico de notação musical com o conteúdo prático (execução da escrita e transcrição musical)

Conteúdo

Rítmico:

Ensinar Ditado rítmico a duas vozes (com duração não menor que uma semicolcheia para ambas vozes – referência semínima igual a 60 b.p.m.)

 

Melódico:

  • Revisar Ditado de cadências (perfeita; imperfeita; plagal; deceptiva ou meia cadência)
  • Ensinar Solfejo e ditado de Intervalos compostos;
  • Ensinar Solfejo e ditado de tétrades com notas superiores (9, 10, 11, 13);
  • Ensinar Ditado melódico a duas vozes; (com duração não menor que uma colcheia para ambas vozes – referência semínima igual a 60 b.p.m.)
  • Ensinar Solfejo e ditado intervalar (solfejo não tonal)

Práticas de Conjunto

Objetivo:

Preparar os alunos para as disciplinas práticas.

Conteúdo:

O Aluno deve compreender o funcionamento da música em conjunto, percebendo e respeitando o músico ao seu lado e o som do grupo em geral. Deve ter atenção ao regente, seguindo o direcionamento durante a música. Também irá trabalhar a própria voz como instrumento, com atenção para afinação durante a abertura de vozes ou uníssono, melhorando assim o seu ouvido musical. Iniciará o contato com a partitura das músicas, relacionando as notas musicais ao som executado. 

As aulas se iniciarão com aquecimento vocal, com vocalizes variados. 

Músicas em uníssono, cânones e aberturas de 2, 3 ou 4 vozes.

Objetivo:

Tornar os alunos aptos a participação nas disciplinas práticas, que envolvem o trabalho em conjunto.

Conteúdo:

O Aluno deve compreender o funcionamento da música em conjunto, percebendo e respeitando o músico ao seu lado e o som do grupo em geral. Deve ter atenção ao regente, seguindo o direcionamento durante a música. 

Irá trabalhar, sobretudo, com os ritmos da cultura brasileira e iniciará o contato com a partitura das músicas, relacionando as notas musicais ao som executado.

Objetivos

Promover ao aluno o primeiro contato com a prática musical em conjunto, utilizando para tal seu instrumento principal de estudo. Por meio da execução de repertório musical de baixo nível técnico, o aluno deverá desenvolver habilidades musicais básicas, tornando-se apto para participação grupos com repertórios de maior complexidade musica nos módulos seguintes.

Conteúdo

  • Linguagem musical (utilização de termos técnicos)
  • Disciplina (pontualidade, concentração, preparação e organização do equipamento, utilização dos equipamentos)
  • Domínio de formas musicais simples
  • Funções dos instrumentos (Funções Rítmicas, Melódicas e/ou Harmônicas)
  • Dinâmica

Objetivos

Continua a promover  ao aluno o contato com a prática musical em conjunto, utilizando para tal seu instrumento principal de estudo. Por meio da execução de repertório musical de nível técnico médio, o aluno deverá desenvolver habilidades musicais básicas, tornando-se apto para participação grupos com repertórios de maior complexidade musica nos módulos seguintes.

Conteúdo

  • Linguagem musical (utilização de termos técnicos)
  • Disciplina (pontualidade, concentração, preparação e organização do equipamento, utilização dos equipamentos)
  • Domínio de formas musicais simples
  • Funções dos instrumentos (Funções Rítmicas, Melódicas e/ou Harmônicas)
  • Dinâmica

Objetivos

Promover ao aluno a capacidade de execução de músicas em grupo de forma mais autônoma, desenvolvendo a percepção da execução musical dos demais integrantes do grupo e tornando-o apto a perceber e sugerir mudanças na performance e nos arranjos trabalhados. Desenvolver repertório musicalmente mais complexo que o repertório trabalhado anteriormente, utilizando novos recursos técnicos e musicais.

Conteúdo

  • Trabalhos com arranjos (sugestões e audições de versões da mesma música)
  • Localização de erros (encontrar erros na execução das músicas e realizar manutenção dos erros)
  • Melodias decoradas por todos os integrantes (tocada ou cantada)
  • Conceito e utilização de convenções musicais
  • Utilização de tétrades
  • Levadas de ritmos populares brasileiros e internacionais
  • Conceitos básicos de improvisação, com improvisos opcionais dos músicos
  •  

Objetivos

Desenvolver habilidades musicais específicas para a prática instrumental, trabalhando repertório bem elaborado e com estética de música instrumental. Desenvolver competência para execução das melodias e improvisação por todos os instrumentistas, tal como desenvolver a musicalidade com performances

Conteúdo

  • Trabalhos com arranjos (sugestões e audições de versões da mesma música)
  • Melodias decoradas por todos os integrantes (tocada ou cantada)
  • Arranjos Autorais (reharmonização, criação de convenções, abertura de vozes e contrapontos, etc)
  • Conceito e execução de improvisação sobre o Chorus e Trades (obrigatório a todos os alunos de instrumento e canto)
  • Repertório definido previamente com 5 a 6 músicas (aproximadamente 25 minutos) contemplando o conteúdo programático
  •  

Objetivos

Desenvolver habilidades musicais específicas para a performance musical vocal, trabalhando a interpretação e explorando arranjos vocais elaborados. Desenvolver paralelamente a performance artística de todos os músicos.

Conteúdo

  • Trabalhos com arranjos (sugestões e audições de versões da mesma música)
  • Melodias decoradas por todos os integrantes (tocada ou cantada)
  • Arranjos Autorais (reharmonização, criação de convenções, abertura de vozes e contrapontos, etc)
  • Conceito e execução de improvisação, obrigatória a todos os alunos de canto e instrumento, adaptado ao nível musical de cada aluno
  • Interpretação vocal alinhada com harmonia, melodia e letra das músicas
  • Realizar atividades de desenvolvimento da performance artísticas, trabalhando com técnicas performática básicas com alunos que cursam a disciplina pela primeira vez e técnicas mais avançadas para alunos cursando a disciplina novamente. Nas atividades deve ser trabalhado: desinibição; postura no palco; interação com o público; preparação e aquecimento para shows.
  • Repertório definido previamente com 3 a 4 músicas (aproximadamente 15 minutos) contemplando o conteúdo programático

Objetivos

Promover ao aluno de música erudita o contato com a prática musical em conjunto, utilizando para tal seu instrumento principal de estud0. 

Objetivos

Promover ao aluno de música erudita o contato com a prática musical em conjunto, utilizando para tal seu instrumento principal de estud0. 

Objetivos

Promover ao aluno o segundo contato com a prática musical em conjunto, utilizando para tal seu instrumento principal de estudo. Por meio da execução de repertório musical de nível técnico intermediário e avançado, o aluno deverá desenvolver habilidades musicais, tornando-se apto para participação grupos semi-profissionais.

Conteúdo

  • Tempo médio de repertório: 15 minutos (3 a 4 músicas)
  • Linguagem musical (utilização de termos técnicos)
  • Disciplina (pontualidade, concentração, preparação e organização do equipamento)
  • Domínio de Formas Musicais
  • Funções dos Instrumentos (Funções Rítmicas, Melódicas e/ou Harmônicas)
  • Dinâmica

Disciplinas Optativas

O Atelier de La Musique oferece disciplinas opcionais.

 

Objetivo

Fazer com que o aluno
entenda as principais características do som em diferentes ambientes e o funcionamento das principais ferramentas para a manipulação do som.

Conteúdo

  • Entendimento sobre as características do som;
  • Entendimento das características acústicas e das formas de captação dos instrumentos musicais; Aprender sobre as características dos diferentes ambientes;
  • Conhecer sobre o  hardware e o software envolvidos na captação e manipulação do som.

Objetivo

A disciplina tem como objetivo alertar os alunos sobre a importância de desenvolver habilidades extra-musicais para gerenciar uma carreira musical,
trazendo conceitos fundamentais das áreas administrativas como Marketing, Finanças e gerenciamento de projetos. A disciplina é direcionada a músicos de todos os níveis, oferecendo exemplos reais e fictícios de atividades e situações do cotidiano de um músico profissional. Ao término do curso o aluno deve estar apto para ter uma avaliação mais ampla de sua carreira e visualizar a importância da gestão das áreas alheias à música, pesquisando e se aprofundando nos departamentos mais importantes à gestão de sua carreira.

Conteúdo

  • Opções de Formação acadêmica em música
  • Área de atuação profissional do ramo musical
  • Marketing (Geral, Digital, Conteúdo, Mídias Sociais)
  • Introdução à gestão financeira
  • Produção de Eventos
  • Produção Fonográfica
  • Leis de Incentivo
  • Postura profissional do Músico
  • Planejamento de carreira

Objetivos 

Adquirir noções básicas de luthieria.

Conteúdo

  • Separar o instrumento em 3 partes a saber:
    corpo, braço, cordas
  • Entender a função do braço e suas partes
  • Entender a função da corda e suas partes
  • Entender a função do corpo e suas partes
  • Aulas sobre madeira: espécies, tipos, veios e cortes
  • Aula prática de regulagem
  • Aula prática de eletrônica

Objetivos

Ensinar aos alunos os fundamentos da improvisação na música popular do século XX.

Conteúdo

  • Escala maior e menor: Como criar padrões diferenciados, Onde aplicar (Tonalidade, redução tonal). 
  • Escala pentatônica: Como aplicá-la no blues (penta Blues), e em músicas tonais com pouca ou nenhuma modulação. 
  • Modos da escala maior: onde usar, como aplicar, como caracterizá-los melodicamente. 
  • Arpejos e Aproximações cromáticas. diversas maneiras de usá las com 2, 3 e 4 notas. exemplos do uso de aproximações. 
  • Densidade rítmica em solos. Uso de variação rítmica para criar um estória no solo. 
  • Reharmonizações possíveis em harmonias mais estáticas, uso no acompanhamento e solo.
  • Uso de recursos estudados em estilos como pop e rock. 
  • Articulações e questões técnicas aplicadas ao improviso. 
  • Exemplos de acompanhamento. maneiras diferentes de lidar com comping. 
  • Recursos de improvisação em harmonias estáticas. possibilidades para acordes sus4.
  • Transcrição e análise de solos

Objetivos

Possibilitar o contato com a realidade educacional e fornecer elementos teóricos e práticos para a atuação frente a essa realidade, refletir sobre os métodos da educação musical, estabelecer uma base teórica para as práticas em educação musical, saber reconhecer a diversidade de interesses no aprendizado e aplicar formas produtivas de desenvolvimento do fazer musical. Dotar o aluno de ferramentas e dos conhecimentos básicos necessários para a prática da pedagogia musical, seja em instrumento ou em matérias complementares.

Conteúdo

  • Panorama da educação musical no Brasil
  • Educação musical formal/não formal/informal
  • Diferentes métodos de ensino e sua evolução, desde a antiguidade até os mais recentes.
  • Diferentes métodos de ensino e sua evolução, desde a antiguidade até os mais recentes, incluindo Dalcroze, Willems, Orff, Kodaly, Suzuki etc.;
  • A “escola romântica” de ensino e a formação de virtuoses: problemas e soluções;
  • A existência de diferentes escolas técnicas e a abordagem atual desse conceito; 
  • A pedagogia musical com definição de objetivos;
  • Psicologia e expectativas dos estudantes;
  • Autodidatismo e os desafios para o professor;
  • Aulas em grupo; 
  • O aluno adulto;
  • O método: mecanismos, processos e respostas;
  • Aulas online e novas formas de ensino; 
  • A formação de professores;
  • Materiais que auxiliam a técnica em sala de aula;
  • Vocação, ética e responsabilidade.

Objetivos

Ensinar os conceitos básicos do piano e capacitar músicos de instrumentos não harmônicos a tocar acordes (triádico) e melodias em nível iniciante.

Conteúdo

  • Apresentação do piano
  • Postura ao piano
  • Tríades maiores e menores
  • Exercícios de técnica pentacorde C (Dó)
  • Acompanhamento em canções
  • Escrita pianística clave de sol e fá (Tocando em grupo – repertório)
  • Inversão e encadeamento; Baixo invertido(Tocando em grupo – repertório)
  • Modalidade solo posição fechada
  • Modalidade solo posição aberta;
  • Modalidade posição aberta aplicada no repertório – mãos juntas.
  • Nota de apoio

Objetivos

Ensinar os conceitos básicos do violão e capacitar músicos de instrumentos não harmônicos a tocar acordes e melodias em nível iniciante.

Conteúdo

  • Apresentação da disciplina e do instrumento; Postura, Sistema de cifragem; Notas naturais na 1ª região.
  • Apresentação dos acidentes musicais e escala cromática.
  • Fôrma da Escala Maior em 2 oitavas.
  • Exercício de leitura; Escala Maior (intervalos); saltos de 1/2 e 1 tom entre as cordas;
  • Tríades Maiores e Menores;
  • Exercício de leitura; Tríades Aumentadas e diminutas;
  • Exercício de leitura; CAGED (Acordes maiores e menores).
  • Tétrades – Fôrmas.
  • Campo Harmônico Maior

Ainda em dúvida? Faça uma aula experimental!

Tire suas dúvidas com um de nossos coordenadores para saber qual o melhor curso e nível para você

© 2018 Todos direitos reservados a Atelier de La Musique.