Como melhorar uma linha simples de baixo

Descubra aqui!

Linha simples de baixo: aprenda como deixá-la mais interessante

O baixo é um instrumento que tem como principal função manter a base da harmonia da música e um beat constante. Porém músicas que possuem uma linha simples de baixo, essa tarefa pode ser muito fácil. E então, para você, baixista, não morrer de tédio e também deixar o som mais legal, nós vamos dar algumas dicas de como incrementar a sua linha de baixo, para deixá-la mais atrativa tanto para você, quanto para o público. Vamos lá!
 

Como melhorar a uma linha simples de baixo?

 
As linhas simples de baixo costumam serem compostas apenas pelas notas que são as tônicas dos acordes da música. Por exemplo, em uma música que tenha os acordes, Dó, Fá, Sol, o baixo toca exatamente as mesmas notas, Dó, Fá, Sol. Então uma forma simples de começar a complementar essa linha de baixo é tocar as tríades de cada acorde. Nesse exemplo ficaria Dó, Mi, Sol (notas do acorde de Dó), Fá, Lá, Dó (notas do acorde de Fá) e Sol, Si, Ré (notas do acorde de Sol). Só de caminhar por essas novas notas, a linha já começa a ficar mais interessante.
 
Quando você já estiver confortável utilizando as tríades, pode começar a usar as tétrades e até começar a acrescentar inversões de arpejos, e variações rítmicas. Dessa forma você já estará cirando a sua própria linha de baixo.
 
Para entender ainda mais, assista a explicação do professor Bernardo Guimarães, onde ele exemplifica com a música “Last Kiss” do Pearl Jam:
 

 
Veja mais:
 
++Walking Bass – Como fazer?
 
++Como criar uma linha de baixo