4 motivos para começar a estudar música hoje mesmo

Ao longo da nossa formação educacional e profissional, consideramos diferentes aprendizados que contribuirão com a nossa carreira: cursos técnicos, novos idiomas, oratória, entre outros. E estudar música? É algo que você já considerou?
 

A verdade é que começar a estudar música pode torná-lo um aluno melhor e também um profissional mais bem-sucedido. Não acredita? Nunca ouviu falar nos benefícios dessa atividade?
 
Reunimos 4 bons motivos para convencê-lo a incluir alguma atividade musical em seu dia a dia. Acompanhe!
 

1. Favorece o aumento da sua capacidade cerebral

 
Você já deve ter ouvido falar que nós, seres humanos, não utilizamos toda a capacidade que o nosso cérebro apresenta, certo? Mas o que fazer para aprimorar essa capacidade e usufruir dela?
Começar a estudar música pode ser algo incrível nessa direção.
 

Não quer dizer que você precise se tornar um cantor ou músico profissional. É que, mesmo tendo a música como um hobby, a linguagem possibilita a criação de diferentes e novas conexões cerebrais. Além disso, aumenta os seus níveis de criatividade e até mesmo a sua capacidade motora.
 

Podemos dizer que o aprendizado de um novo instrumento é o canal ideal entre a execução de um novo projeto e sua capacidade de criação.
 

2. Ensina você a trabalhar melhor em equipe

 
Atividades em grupo ou colaborativas podem ser um desafio para muitas pessoas. Nem todos temos facilidade para trabalhar em equipe, ainda que tal função nos seja exigida diariamente — na escola, na faculdade ou mesmo no ambiente de trabalho.
 
Começar a estudar música pode ajudar nesse impasse. Afinal, nada melhor que a harmonia alcançada em um grupo musical ou uma orquestra para nos ensinar sobre trabalho em equipe — e com belos resultados. Assim, você consegue encontrar harmonia ao trabalhar em conjunto e se dedicar à sua equipe de uma maneira diferente.
 

3. Melhora a disciplina, o foco e a concentração

 
Vivemos em um mundo repleto de estímulos. Por onde passamos encontramos cores, imagens, luzes, vozes e diferentes fenômenos acústicos. As inovações tecnológicas também contribuem para esses excessos. Isso pode desestabilizar quem tem mais dificuldade de concentração ou até desviar o nosso foco e afetar a nossa disciplina.
 
Aprender música não é uma atividade simples. É algo que exige dedicação e que pode despertar nossos níveis de concentração. É preciso ter muita determinação e paciência para chegar aos resultados que você espera, como a execução correta de uma melodia. Isso pode ser levado para outras áreas da sua vida.
 

4. Reduz os níveis de ansiedade e depressão

 
Depressão e ansiedade são distúrbios que precisam de atenção. A música é uma arte, portanto, será importante aliada para diversos tratamentos. As melodias ajudam a liberar dopamina, um neurotransmissor que, quando está em baixa, pode aumentar a irritabilidade e a desmotivação.
 

Começar a estudar música pode estimular sensações de bem-estar, devolvendo o prazer que parecia ter sumido na pessoa. Devemos considerar que o estudo de música é saudável, capaz de diminuir os níveis de estresse e aumentar o nosso convívio social.
 

Diante dessas razões, você certamente já se convenceu de que começar a estudar música é uma escolha bastante positiva e que contribui para a sua qualidade de vida.
 
Gostou desse post? Restou alguma dúvida que deseja esclarecer? Deixe aqui o seu comentário!