Você tem dificuldades em inventar viradas em compassos ímpares?

Leia essa dica e descubra algumas possibilidades de viradas nesses compassos

Viradas em compassos ímpares na bateria

Tocar compassos ímpares na bateria é difícil para muitos bateristas iniciantes. O que pode acontecer é que você fica um pouco “engessado” na música. Para você conseguir ter mais liberdade é importante saber como criar algumas viradas em cima desses compassos, para poder interagir melhor com a música.
 
Na última dica você já teve algumas ideias de como explorar melhor suas viradas em compassos simples (confira aqui), agora vamos aplicar um conceito semelhante só que em compassos ímpares. Nessa dica iremos dar um exemplo de como fazer isso em um compasso de 7/8, mas a ideia pode ser aplicada para criar viradas em outros ritmos também.
 

Exemplo de virada em 7/8

 
Como exemplo vamos pegar uma levada em 7/8. Vamos fazer viradas em cima de 1, 2 ou 3 colcheias. Para começar, podemos fazer uma virada bem simples, tocando duas semi-colcheias por tempo, na mesma peça da bateria.  Então como a levada tem sete colcheias, vamos começar aplicando a virada no tempo 7, depois nos tempos 6 e 7 e depois nos tempos 5, 6 e 7. Seguindo esse princípio você já pode começar a brincar com o tempo da música.
 
Para entender ainda melhor, confira essa dica que o professor Luigi Tessera gravou:
 

 
Veja também:
 
Como preencher viradas simples na bateria
 
Variações de timbre em viradas (bateria)
 
Como fazer virada em tercina (bateria)
 
Viradas na bateria: como criar? 
 

AGENDE AQUI SUA AULA EXPERIMENTAL GRATUITA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *