Para que servem os pedais do piano?

Você conhece a função dos 3 pedais do instrumento?

Para que servem os pedais no piano?

Se engana aquele que pensa que o piano só é tocado com as mãos. Os pedais do instrumento possuem uma grande importância na hora de tocar uma peça e têm diferentes funcionalidades. O mais comum é o pedal de sustentação que todos os pianos possuem e os teclados também. Os outros dois, o una corda e o sostenuto, são menos utilizados, mas também tem funções interessantes. Saber usar bem os pedais possibilita ao pianista uma performance mais elaborada e diversificada.

 

Fonte: http://tienespianos.blogspot.com.br/2011/11/funcao-dos-pedais-do-piano.html

 

Pedal de sustentação (sustain)

O pedal da direita do pianista é o mais utilizado, ele tem a função de sustentar o som mesmo quando você deixa de pressionar a tecla. Ele permite que as cordas vibrem livremente, dando a sensação que o som está sendo prolongado. Isso permite que se ligue notas muito distantes entre si e pode ser utilizado para fazer a técnica de legato, quando não é possível fazê-lo só com os dedos. Você pode conhecer mais sobre o legato nesse vídeo. Os compositores românticos utilizaram esse pedal com bastante frequência em suas obras.

 

Como funciona

O piano possui abafadores que são acionados logo depois que a tecla deixa de ser pressionada. Isso significa que as cordas das teclas são abafadas e o som é interrompido, o que permite fazer o efeito de staccato. Quando o pedal de sustentação é pressionado o que ocorre é bem simples, o mecanismo de abafador é suspendido, deixando assim as cordas soarem livremente.

 

Modo de utilizar

Pressione o pedal durante o período que quer sustentar as notas. É importante prestar atenção na harmonia da música para não aglutinar notas que não combinam entre si, sujando o som. Para saber mais sobre isso, confira esse vídeo sobre troca de pedal em acordes simples.

 

Pedal sostenuto

O pedal do meio, chamado de sostenuto, também têm a função de sustentar o som. A diferença para o de sustentação é que esse pedal faz vibrar livremente apenas as notas que são tocadas na hora que se aciona o pedal. Todas as teclas tocadas posteriormente não estarão ligadas entre si. Isso pode ser muito útil para tocar passagens em baixo contínuo, pois é possível prender a nota ou o acorde do baixo com esse pedal e ambas as mãos do pianista estarão livres para executar as outras notas da peça.

 

Como funciona

O mecanismo do pedal sostenuto é semelhante ao de sustentação mais um pouco mais complexo. Esse pedal mantém suspenso os abafadores das notas que estão sendo tocadas no momento em que ele é pressionado.

 

Modo de utilizar

O pedal do meio só funciona se acionado depois de tocar as notas que deseja segurar. Desse jeito as nota sustentadas serão apenas as que você estava tocando enquanto pisou no pedal. Importante ressaltar que esse pedal não pode ser pressionado ao mesmo tempo que o pedal direito,  já que ele sustenta a todas as notas que estão com os abafadores levantados e o pedal direito levanta todos os abafadores. Ou seja, a aplicação do pedal do meio resultaria na sustentação de todas as 88 notas do piano ao mesmo tempo. Entretanto é possível utilizar o pedal direito depois que o sostenuto está pressionado. Assim você consegue ligar outras notas independentes das que estão sendo seguradas pelo pedal do meio.

 

Piano de cauda x piano vertical

O pedal sostenuto foi o último a ser acrescentado ao instrumento e só existe em pianos de cauda e digitais. Na maioria dos pianos de armário, ou verticais, o pedal do meio possui outra finalidade; abafar o som. Ou seja, não é um pedal para fins estéticos na peça e sim para auxiliar os pianistas que querem estudar o instrumento, mas em determinados momentos não podem fazer muito barulho.

 

Pedal Una Corda

O pedal da esquerda é chamado de una corda e sua principal função é mudar o timbre, retirando os harmônicos do instrumento. Ao ser pressionado ele muda a cor, a qualidade e a intensidade do som produzido pelo piano. É muito utilizado em passagens ppp (pianíssimo), quando se quer sutileza e leveza no som.

 

Como funciona?

Para entender como funciona o pedal una corda é importante saber que cada tecla o piano possui três cordas, que são atingidas pelos martelo quando ela é pressionada. Nos pianos de cauda, ao se pisar no pedal de una corda aciona-se um mecanismo que desloca todos os martelos do piano ligeiramente para a direita. Assim, o martelo só atinge duas das três cordas existentes, gerando um som menos brilhante. Depois dessa explicação o nome “una corda”, do italiano “uma corda”, pode parecer estranho já que duas cordas são atingidas. Porém o nome foi dado na época em que o pedal foi criado e naquele tempo o martelo percutia apenas uma corda realmente.

Nos pianos verticais o mecanismo é diferente, porém o efeito é semelhante. Quando pressionado, o pedal da esquerda aproxima o martelo das cordas tirando a intensidade do som.

 

Modo de utilizar

Esse pedal é o mais simples de usar. Apenas o pressione com o pé esquerdo quando quiser aplicar esse efeito.

 

Para saber mais sobre o assunto, confira o vídeo abaixo. A professora do Atelier de La Musique, Marina Gimenez explica a função dos três pedais e dá exemplos práticos:

 

 

AGENDE AQUI SUA AULA EXPERIMENTAL GRATUITA
Compartilhe com seus amigos!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *