Jazz: a Origem desta Palavra

 

A origem da palavra Jazz: Vigor, Dança e Beisebol

 

 

Muito se tem conjecturado sobre a origem da palavra Jazz, escolhido pela Sociedade Americana de Dialeto como a palavra do século XX. Alguns historiadores relatam que a palavra tem origem na África Ocidental e significa “coito”, ou que sua origem está na palavra “Jaíza” da cultura Haúsa (povo que se encontra no que é hoje o norte da Nigéria) que significa “o som de tambores distantes”. Outros estudiosos entendem que a palavra tem origem no uso do óleo de jasmim entre as prostitutas em Nova Orleans, cidade considerada o berço do Jazz; a prática de se utilizar deste perfume começou a ser chamado em inglês de “jazzing it up”, que se traduz como “tornar jazzificado”. Estas teorias, contudo, apesar de serem interessantes, não são fundamentadas em fatos concretos e tem as suas origens baseadas apenas no senso comum popular.

 

“Jasm”: Energia e Guerra Civil

 

 

O que sabemos verdadeiramente é que durante a Guerra Civil dos Estados Unidos (1861-1865) usava-se a palavra “jasm” entre os soldados brancos. Apesar de não sabermos realmente a origem dessa palavra antes do conflito, encontramo-la usada de forma escrita; era uma gíria que significava “energia” ou “vigor”. A Guerra Civil dos Estados Unidos, aliás, também fora importante no desenvolvimento do próprio estilo musical que irá posteriormente ser conhecido como Jazz, pois a tradição de bandas militares teria uma influência musical direta em Nova Orleans, e os instrumentos que sobraram depois do fim do conflito teriam auxiliado na difusão da prática musical entre a população. A instrumentação do Jazz tradicional, inclusive, teria por base muitos instrumentos usados na tradição militar.

 

 

Gravação de 1968 de uma banda militar na tradição de Nova Orleans. O grupo aqui demonstra influências do jazz, estilo que as bandas militares do passado influenciaram.

 

Beisebol: O Arremate do Jazz

 

 

A partir dessa origem, a primeira aparição da palavra Jazz, escrita desta forma, ocorre apenas no século XX, especificamente no dia 2 de Abril de 1912 no jornal Los Angeles Times. A palavra é usada para descrever um novo arremesso elaborado pelo jogador de beisebol Ben Henderson, que desenvolvera um arremesso oscilante, incrivelmente difícil de rebater. “Eu tenho uma curva nova esse ano”, dizia Henderson, “e vou arremessar uma ou duas amanhã. Eu chamo ela de Bola de Jazz porque é irregular e o rebatedor simplesmente não consegue fazer nada com ela!” Menos de um ano mais tarde E.T. “Scoop” Gleeson, jornalista de beisebol do San Francisco Bulletin, explica a palavra Jazz, que provavelmente era comumente usada como gíria: “O que é Jazz? Hora, é um pouco daquela ‘vida fácil’, daquele vigor entusiasmado. Um toque de Jazz e você já tem vontade de sair por toda a cidade. É o espírito que transforma jogadores de beisebol comuns em grandes figuras.”

 

 

Cantora de Jazz que se dizia fã de Beisebol, esporte considerado o passatempo nacional dos Estados Unidos.

 

A Origem da palavra Jazz no Meio Musical

 

 

No meio musical, não é surpresa que a palavra Jazz apareceu pela primeira vez na cidade de Chicago, especificamente no dia 11 de julho de 1915, no jornal Chicago Tribune. A cidade seria o centro do Jazz da década de 1920, recebendo um verdadeiro êxodo rural, com pessoas que procuravam uma vida melhor na região urbanizada do norte, livre das leis racistas e segregacionistas do sul. No jornal encontramos o seguinte trecho, se referindo à uma noite de festa e música:
“Blues é Jazz e Jazz é Blues. A noite se transformou, e se transformou em dança, e o Blues fora responsável. O ‘Jazz’ injetou vigor nas pernas que estavam calmas fazia tempo. […] Para tanto, ‘Jazz’ Marion sentou ao piano e demonstrou todo o seu Blues, ou, se preferir, ‘Blue’ Marion sentou ao piano e demonstrou todo o seu ‘Jazz’”.

 

 

Jazz de Chicago na década de 1920. Cidade seria o centro deste estilo musical durante a década de 1920, conhecida como a década do Jazz.

 

Nessa época o uso da palavra já se espalhava pela região, e em 1917 era uma gíria usada em todo o país. Talvez não seja coincidência que a primeira gravação considerada oficial de jazz seja deste mesmo ano, pelo grupo Original Dixieland Jass Band (a palavra variava na sua forma de ser escrita). A partir dessa gravação, a palavra seria usada para designar o estilo musical que hoje conhecemos como Jazz, desde a música Dixie de Nova Orleans até a música moderna e improvisatória de Michael Brecker e Chris Potter.

 

 

Livery Stable Blues, considerada a primeira gravação de Jazz. Um detalhe importante é que a gravação é feita inteiramente por músicos brancos.

 

Independente dos problemas apresentados para encontrar a real origem da palavra Jazz, este estilo musical se consolidou como uma das expressões musicais mais relevantes do século XX. Como a palavra, o estilo musical conhecido por Jazz tem algumas origens festivas, que valorizam a energia e o movimento. Abaixo, ouvimos um ragtime de Scott Joplin, estilo musical sincopado que influenciou o Jazz na virada do século XIX.

 

 

Scott Joplin, músico importante no desenvolvimento do ragtime na virada do século XIX.

 

Uma história ampla

 

 

Claro que o que estamos discutindo aqui é apenas a origem da palavra Jazz que dá nome a um estilo musical hoje secular. A história do Jazz, como a palavra, tem origens obscurecidas pela dificuldade de encontrar as fontes de onde surgiram as características verdadeiramente definidoras deste estilo musical, como a escala de blues ou o sentido de swing. Para terminar, podemos ouvir um Blues rural, uma música folclórica que diretamente influenciou no desenvolvimento do Jazz.

 

 

Blind Lemon Jefferson, bluesman Texano da década de 1920 tocando um Blues rural.

 

 

patrick-murphy

Por Patrick Murphy

 

BIBLIOGRAFIA

 

American Dialect Society. www.acls.org.

 

Gerald Cohen, “Jazz Revisited: On the Origin of the Term – Draft #3,” Comments on Etymology, Vol. 35, Nos. 1–2 (Oct.–Nov. 2005).

 

Gioia, T. History of Jazz. Nova Iorque, Oxford, 1997.

 

Muggiati, Roberto. O que é Jazz. São Paulo, Editora Brasiliense, 1999.

 

Rodriguez, Alex. Origins of the Word Jazz. 2011. Em http://www.wbgo.org/blog/origins-word-jazz

 

 

Compartilhe com seus amigos!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Atelier de La Musique

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agende a sua Aula Experimental aqui!