Fundamentos básicos do canto

Conheça três fundamentos importantes para cantar

3 fundamentos básicos para cantar

Muita gente pensa que um bom cantor é aquele que consegue cantar as notas afinadas. Porém, além da afinação existem muitos outros elementos e técnicas que precisam ser trabalhadas para que alguém consiga cantar bem.

 

1- Fluxo respiratório:

Quando nós cantamos, estamos soprando o ar, que vem dos nossos pulmões até chegar nas nossas pregas vocais, fazendo com que elas vibrem. Durante esse processo, temos que tomar o maior cuidado possível para que a vibração desse ar (mandado pelas costelas e pelo diafragma) seja o mais uniforme possível. Quando oscilamos muito a quantidade de ar, nosso canto é instável. Nesse vídeo sobre respiratório intercostal você pode conferir algumas dicas de como treinar sua respiração.

 

Dica: Cante de frente para um espelho observando o movimento de suas costelas. Assim você consegue analisar, pela abertura delas, se você está emitindo um bom fluxo de ar.

 

 

 

2- Colocação de voz:

A colocação de voz também é conhecida como encaixe ou impostação vocal. Ela consiste basicamente em deixar a voz dentro de vibrações que temos controle. Existem várias maneiras de deixar a voz vibrar enquanto se canta, dependendo do timbre que se quer alcançar ou do estilo que se quer cantar. Mas é preciso consciência de onde se está colocando a voz, ou seja, em qual pontos de ressonância a estamos apoiando. Para saber mais, veja esse vídeo sobre projeção vocal.

 

Dica: Enquanto canta uma música, repare se a sua garganta está arranhando e se você começa a sentir que está fazendo mais força do que deveria. Repare também se você está fazendo muito esforço para chegar em uma nota mais aguda ou muito grave dentro de sua extensão. Caso isso aconteça é um sinal de que você está saindo de lugar com a voz, ou seja, seu encaixe vocal não está se mantendo durante toda a música.

 

 

3- Postura ao cantar:

Quando cantamos temos que prestar atenção em qual postura estamos fazendo. Isso não quer dizer que você tenha que cantar de pé, ou sentado, ou em uma determinada posição engessada. Se fosse assim, muito dos cantores que passeiam pelo palco não poderiam ter uma boa técnica. Na verdade, a postura se refere mais a uma questão interna, ou seja, qual músculo estão sendo trabalhados e os reflexos disso na sua voz.  Alguns movimentos externos na postura podem ser corrigidos para melhorar a sua emissão.

 

Dica: O desafio é: cantar uma música mantendo a mesma postura do começo ao fim. Escolha uma postura na qual seu corpo fique numa posição confortável e que você não tenha que fazer nenhum gesto que não tenha controle. Se você consegue manter uma canção do começo ao fim estando na mesma posição, você vai ter muito mais facilidade para ter uma técnica boa e uma voz colocada.

 

Para saber mais, confira essa dica do minuto onde o professor Daniel Lotoy explica sobre os fundamentos básicos para o canto:

 

 

AGENDE AQUI SUA AULA EXPERIMENTAL GRATUITA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *